Sintomas e diagnóstico da insônia


Os principais sintomas de insônia podem incluir:

Dificuldade para adormecer à noite;

Despertar durante a noite;

Despertar muito cedo;

Não sentir descansado após uma noite de sono;

Cansaço ou sonolência diurna;

Irritabilidade, depressão ou ansiedade;

Dificuldade para prestar atenção, concentrar-se em tarefas ou lembrar de alguma coisa importante;

Aumento do risco de acidentes;

Dores de cabeça localizadas;

Problemas gastrointestinais;

Preocupações contínuas com o sono.

Uma pessoa com insônia, muitas vezes, pode levar 30 minutos ou mais para adormecer e pode dormir por apenas seis horas ou menos a partir de três noites por semana por mais de três meses.

Diagnóstico e Exames

Se você tiver sintomas de insônia e eles estiverem prejudicando suas atividades diárias e seu desempenho no trabalho ou nos estudos, procure um especialista para determinar o que pode estar causando o problema e saber como ele pode ser tratado.

Entre as especialidades que podem diagnosticar insônia estão:

Neurologia,

Medicina do sono e

Psiquiatria.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

Uma lista de sintomas e há quanto tempo eles apareceram;

Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

Você tem problemas para dormir?

Quantas horas você costuma dormir por noite?

Você desperta facilmente durante a noite?

Você costuma se alimentar em grandes quantidades antes de deitar?

Você faz uso excessivo de cafeína, nicotina ou álcool?

Você passou ou passa por momentos de grande estresse recentemente?

Quais são seus hábitos noturnos?

Você se sente cansado ou improdutivo durante o dia?

A falta de sono tem prejudicado seu desempenho em atividades diárias, no trabalho ou nos estudos?

Quando os sintomas começaram?

Você faz uso de algum medicamento? Qual?

Você já foi diagnosticado com alguma condição médica?

Você tomou alguma medida para aliviar os sintomas? E funcionou?

Diagnóstico de insônia

Além de fazer-lhe uma série de perguntas, o médico analisará seu padrão de sono e sonolência diurna.

Para isso, talvez você tenha de manter um diário de sono por um determinado período de tempo e depois apresentá-lo ao médico.

Ele provavelmente também fará um exame físico para procurar sinais de outros problemas que possam estar causando insônia.

Ocasionalmente, um exame de sangue pode ser feito para verificar a existência de problemas de tireóide ou outras condições que podem estar por trás da insônia.

Se a causa da insônia não estiver clara, ou caso você apresente sinais de outro distúrbio do sono, como apnéia do sono ou síndrome das pernas inquietas, você pode precisar permanecer durante uma noite em um centro especializado para analisar e diagnosticar distúrbios do sono.

Lá, os testes são feitos para monitorar e gravar uma variedade de atividades corporais enquanto o paciente dorme, incluindo as ondas cerebrais, respiração, batimentos cardíacos, os movimentos dos olhos e os movimentos do corpo também.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo