Apnéia obstrutiva do sono (AOS), hormônios sexuais e libido


A prevalência de AOS é de cerca de 32,9% em São Paulo, predominando em homens e nos obesos. Nas mulheres há um aumento da AOS após a menopausa, relacionado à redução dos hormônios estrogênio e progesterona. Cerca de 50% das mulheres com queixa de insônia após a menopausa tem AOS. A queda do estrogênio contribui para a redistribuição da gordura para a região abdominal e cervical, aumentando o risco de AOS. A queda de progesterona pode diminuir o estímulo respiratório.

Nas mulheres com síndrome de ovário policístico há um aumento de testosterona. Nessas mulheres há um aumento de incidência de AOS em 13 vezes. Mas observou-se que isto deveu-se principalmente pela obesidade, e não por influência do aumento da testosterona.

Não existem evidências suficientes confirmando que os hormônios sexuais femininos durante a menopausa por si só podem explicar o aumento da AOS na mulher.

A privação de sono pode levar a uma redução de testosterona, o que pode trazer uma disfunção erétil. Cerca de 48% dos homens com AOS apresenta disfunção erétil, problemas ejaculatórios e menor libido.

No estudo epidemiológico episono observou-se a maior prevalência de AOS em homens a partir dos 50 anos e a correlação disso com maior incidência de disfunção erétil.

Mulheres com insônia, após serem tratadas, apresentaram melhora significativa na função sexual. Mulheres com AOS, têm um risco de 32,2% de desenvolver disfunção sexual. Em alguns estudos, houve uma correlação entre a gravidade da AOS e o aumento do risco de disfunção sexual. Porém, outros estudos mostraram que fatores como depressão e obesidade foram associados com disfunção sexual em mulheres em idade reprodutiva.


Fonte: - Lindberg et al. Sleep Medicine Reviews, 2020.

Radrel. Effect of 1 week of sleep restriction on testosterone levels in young healthy men. JAMA June 1,2011.

Guilleminault et al, 1977

Prevalence of erectile dysfunction complaints associated with sleep disturbances in São Paulo, Brazil: A population - based survey. Andersen et al

Determinants of sexual dysfunction and interventions for patients with sleep apnea: a systematic review.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo